Brava: Polivalente de Nossa Senhora do Monte requalificado para abarcar novas utilidades

Nova Sintra, 05 Ago (Inforpress) – A Câmara Municipal da Brava está a trabalhar na requalificação do polivalente de Nossa Senhora do Monte, com obras orçadas em 17.300 contos, adiantou à Inforpress o edil Francisco Tavares.

O polivalente da Zona de Nossa Senhora do Monte, segundo o presidente da Câmara Municipal da Brava “estava quase que abandonado e num estado muito degradado”.

Para dar um novo rosto ao polivalente, a autarquia local está a fazer a sua reabilitação, obras estas financiadas pelo Ministério do Desporto.

“Estamos a trabalhar na sua requalificação e apostar em novos moldes de reutilização. Existem muitas salas neste espaço que podem ser usadas para várias valências”, disse Francisco Tavares.

Após o término das obras, o edil avançou à Inforpress que a ideia é dar a cada uma das salas uma utilidade, para evitar um novo esquecimento e abandono do local.

“Vamos utilizar as salas para actividades culturais e recreativas, construir um ginásio mais à frente, ter uma lanchonete, sala para as equipas de futebol da zona, um escritório para o gestor do edifício e mais à frente equipar uma sala com equipamentos informáticos”, adiantou o autarca local.

O mesmo acredita que a reabilitação do espaço “vai trazer e elevar a auto-estima da população local”, principalmente porque este polivalente terá iluminação nocturna e ainda os planos vão além disso.

“Pretendemos construir à frente do polivalente uma pequena praça e um parque infantil, gerando assim mais fluxo de pessoas a este local”, disse Francisco Tavares.

O edil explicou ainda que a ideia de ter uma lanchonete nesse espaço deve-se à “inexistência de uma casa de restauração nesta localidade”. Tendo aí uma lanchonete, “chamará mais pessoas, serão realizadas actividades diversas no espaço e gerará postos de emprego”, sustentou.

As obras já estão na sua segunda fase, que consiste na “colocação das portas e das janelas, cobertura exterior, bem como na iluminação da parte exterior do polivalente”.

Para uma terceira fase, a autarquia local, conforme avançou o edil, está aguardando uma resposta de um empréstimo bancário que já foi solicitado e aprovado, que será utilizado para equipar as salas e o parque infantil.

Francisco Tavares garantiu que a segunda fase deste processo ficará concluída antes de 15 de Agosto, altura em que se festeja Nossa Senhora da Graça, padroeira desta localidade.

MC/ZS

Inforpress/Fim