Brava: Igreja de Nossa Senhora do Monte aguarda criação de comissão para reconstrução há mais de um ano – pároco

Nova Sintra, 10 Set (Inforpress) – O pároco da ilha Brava disse hoje que a igreja da Paróquia de Nossa Senhora do Monte está a aguardar somente a criação de uma comissão local responsável pelas obras para dar início à sua reconstrução.

Conforme constatou a Inforpress, a igreja matriz da paróquia de Nossa Senhora do Monte está necessitando de algumas remodelações, devido ao estado de degradação.

Mas, segundo padre Euclides Pires existem partes que “não justificam” uma remodelação no mesmo sistema, devido a idade da mesma”, pelo que já existe um projecto para a construção de uma igreja nova

“Temos um projecto novo, a planta já está feita e financiada e um grupo nos Estados Unidos da América que está promovendo actividades para angariar fundos, para dar continuidade ao projecto”, avançou o sacerdote.

Entretanto, explicou, o motivo do atraso e condicionamento das obras diz respeito simplesmente à comunidade católica local.

Pois, adiantou, é preciso criar uma comissão, com pessoas para gerir o dinheiro destinado à construção da igreja, o que não se restringe somente à responsabilidade do pároco, mas sim de toda a localidade.

Com a reconstrução da igreja, o sacerdote garantiu que vai haver mais espaço, com salas para diversas actividades de índole religiosa e cultural, na parte subtérrea, e na parte superior, uma igreja nova. “Mas sem a comissão, nada é possível”, reiterou.

O mesmo estranha o porquê de ainda a população local não ter criado esta comissão, uma vez que a construção de uma igreja nova nesta paróquia é um “sonho” que vem já há alguns anos.

“Desde o ano passado foi feita a planta e o modelo que já está financiada e pago mais de 80%”, ajuntou.

As obras estão orçadas em cerca de 90 mil contos, mas de acordo com o sacerdote, é “possível diminuir este custo, caso a comunidade der a sua colaboração com o habitual “djunta-mon”.

O mesmo adiantou ainda que a preocupação não é o custo, mas sim o início.

“Após o arranque, o resto será mais fácil, tendo em conta a boa vontade da população”, concretizou.

É neste sentido que o mesmo apela à sensibilidade da população da Vila de Nossa Senhora do Monte a se unirem e dar o primeiro passo, que é a criação da comissão, para que no próximo ano a missa da Santa Padroeira celebrada a 15 de Agosto seja realizada numa igreja nova.

MC/AA

Inforpress/Fim