Boa Vista: Câmara Municipal promove seminário destinado aos pequenos operadores turísticos

 

Sal Rei, 25 Mai (Inforpress) – A Câmara Municipal da Boa Vista vai realizar hoje um seminário destinado aos pequenos operadores turísticos, com a intenção de mostrar aos investidores a importância da utilização de atitudes que exprimam e garantam a prestação de um serviço de boa qualidade.

Em declaração à Inforpress, a responsável do Gabinete de Turismo e Empreendedorismo da câmara local, Iva Livramento, explicou que, para além de promover um serviço de qualidade para o sector turístico, pretendem com o evento reconhecer a importância e a dimensão do mesmo como actividade geradora de emprego.

Adiantou que este seminário é destinado aos pequenos operadores turísticos, nomeadamente restaurantes, bares, esplanadas, residenciais, pequenos hotéis, lojas de artesanato, agências de viagem, taxistas e outros.

Segundo Iva Livramento, com a realização desta actividade, a “ilha vai sair a ganhar”, uma vez que vão levar vários painéis para o debate, todos eles importantes para o sector.

“Atendimento e Higiene”; “Segurança Alimentar”; “Turismo” e “Ambiente e Segurança” são para já alguns dos painéis que serão analisados e discutidos durante o seminário.

O seminário, adiantou a mesma fonte, vai fornecer ferramentas aos participantes, de modo que estes possam prestar um serviço de qualidade aos turistas.

Iva Livramento diz acreditar que este evento, que vai acontecer hoje a partir das 14:00, no Centro de Juventude de Sal Rei, servirá também para “alavancar”, ainda mais, o turismo local, pois, o objectivo primordial “é melhorar a forma de tratamento aos turistas por parte dos pequenos operadores do sector.

Segundo os dados estatísticos do 4º trimestre de 2016, do Instituto Nacional de Estatísticas (INE), o turismo cresceu em Cabo verde, sendo que a hotelaria registou mais de 644 mil hóspedes, correspondendo a um acréscimo de 13,2% face ao ano de 2015.

No mesmo período, as dormidas cresceram 10,3% e o Reino Unido foi o principal país de proveniência de turistas.

Os turistas do Reino Unido foram os que permaneceram mais tempo em Cabo Verde, com uma estadia média de 9,1 noites.

A ilha do Sal foi a ilha mais procurada pelos turistas, representando cerca de 45,6% das entradas nos estabelecimentos hoteleiros.

O estudo revela ainda que a Boa Vista é a segunda ilha mais procurada pelos turistas em Cabo Verde.

De referir que o arquipélago tem no sector do turismo um dos principais vectores de desenvolvimento económico e para onde são canalizados mais de 90 por cento dos investimentos externos.

AF/JMV

Inforpress/Fim