Inicio Politica Bancadas municipais do Maio com leituras diferentes quanto ao estado de desenvolvimento...

Bancadas municipais do Maio com leituras diferentes quanto ao estado de desenvolvimento da ilha

Porto Inglês, 08 Set (Inforpress) – Os líderes das duas bancadas municipais do Maio, MpD e OIAM fizeram hoje leituras diferentes quanto ao estado de desenvolvimento da ilha, que está a celebrar o centenário da sua elevação à categoria de município.

Na sua intervenção, a líder da bancada do MpD, Ivanira Silva considerou que a ilha está a atravessar um “bom momento” no que tange ao seu processo de desenvolvimento, graças ao trabalho que a edilidade e o próprio Governo tem vindo a realizar, nomeadamente com a criação de vários postos de trabalhos em vários povoados e na cidade do Porto Inglês.

“(…) É visível que a Câmara Municipal tem conseguido mobilizar recursos para investir na ilha, razão pela qual nos últimos tempos a ilha tem vindo a ser cada vez mais procurada por turistas, tanto nacionais como estrangeiros”, frisou.

Ivanira Silva disse que a bancada que suporta a Câmara Municipal reitera total confiança, pelo desempenho que a mesma tem vindo a demonstrar nestes primeiros anos do seu mandato, com obras feitas um pouco por todas as localidades, razão pela qual realizou hoje duas inaugurações uma na vila de Barreiro e a outra na cidade do Porto Inglês, bem como o lançamento da primeira pedra para a requalificação da localidade de Ribeira de Fontona.

Por seu turno, o líder da bancada de OIAM, António Ramos considerou que a ilha “está a regredir no tempo” com várias perdas desde “problemas com abastecimento de água”, passando por dificuldades no sector energético, sem contar com os constrangimentos no sector dos transportes, tanto marítimo como aéreo, sublinhando que a ilha precisa urgentemente de um “porto construído de raiz e de um aeroporto como foi prometido pelo governo”.

Ramos aproveitou a ocasião para exortar o Presidente da República que presidiu ao acto solene, “para aconselhar o presidente da Assembleia Municipal a criar um ambiente de mais harmonia” entre as duas bancadas e para remarcar uma nova sessão extraordinária para discutirem assuntos candentes sobre os interesses da ilha.

António Ramos disse ainda que, a edilidade tem tido um “fraco desempenho”, razão por que a maioria da juventude tem estado a abandonar a ilha à procura de melhores condições de trabalho, tanto nas outras ilhas como no estrangeiro.

“O povo aguarda pela conclusão do Estádio Municipal e pela construção dos dois campos relvados prometidos por esta equipa”, exteriorizou o responsável, questionando ainda sobre “onde se encontra o navio Praia D´aguada que foi prometido pelo Governo que iria fazer a ligação entre a ilha do Maio e a Cidade da Praia”.

WN/FP

Inforpress/Fim