sarıyer haberleri">

Atrocidades contra mulheres e crianças Rohingya são crime contra humanidade -ONU

 

Nações Unidas, Nova Iorque, 23 Nov (Inforpress) – A enviada da ONU para a violência sexual nos conflitos considerou que as atrocidades generalizadas contra as mulheres e crianças muçulmanas Rohingya organizadas pelos militares de Myanmar podem equivaler a crimes de guerra, contra a humanidade e genocídio.

Pramila Patten reuniu-se com muitas vítimas Rohingya de violência sexual nos campos do Bangladesh, durante uma visita realizada este mês.

Na quarta-feira, durante um encontro com jornalistas, afirmou que estava plenamente de acordo com a avaliação do Alto-Comissário da Organização das Nações Unidas para os Direitos Humanos, Zeid Ra’ad Al Hussein, de que os Rohingya têm sido vítimas de “limpeza étnica”.

Patten acrescentou que o uso generalizado da violência sexual “foi claramente um motivo e factor promotor” da fuga de mais de 620 mil Rohingya de Myanmar.

Considerou-a ainda “um instrumento calculado de terror dirigido à exterminação e remoção dos Rohingya como um grupo”.
O governo de Myanmar negou as acusações.

Lusa/Fim

 

%d bloggers like this:
Modüler Bölme Duvar Açık ofis bölme sistemleri Ofis Bölme Sistemleri Jaluzili cam bölme Cam bölme duvar Jaluzili bölme duvar Çocuk odası Diş polikliniği dekorasyonu Ofis dekorasyonu Hastane dekorasyon Ev dekorasyonu Sivas prefabrik Mutfak dekorasyonu Ofis dekorasyonu İç mimari dekorasyon