Associação de Relações Públicas de Cabo Verde poderá ser aceite na Fundacom – anuncia seu presidente

Cidade da Praia, 15 Mai (Inforpress) – A Associação de Relações Públicas de Cabo Verde (ARP-CV) poderá ser aceite como membro da Associação de Comunicação e Relações Públicas dos países que falam a língua portuguesa e espanhola (Fundacom), revelou hoje a presidente Yara dos Santos.

Em entrevista à Inforpress, a líder da ARPCV explicou que essa integração poderá acontecer, no Congresso Internacional “Comunicação hoje: Digital. Inovação. Reputação.”, promovido pela Associação Portuguesa de Comunicação de Empresa (APCE), estando aprazado para 23 deste mês em Lisboa.

“Essa é uma oportunidade para nós, uma vez que vai contribuir para a internacionalização da ARP-CV e para Cabo Verde sendo que será o primeiro dos Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa (PALOP) a fazer parte dessa plataforma”, disse, realçando que a Fundacom é uma plataforma criada para o reforço do papel da comunicação organizacional em espanhol e português a nível internacional.

Yara dos Santos adiantou que a Associação de Relações Públicas de Cabo Verde tem um acordo de cooperação com a Associação Portuguesa de Comunicação de Empresa (APCE), o que lhe tem permitido apoiar a instituição cabo-verdiana no processo de integração da Fundacom.

“O processo foi avaliado pelos países que integram a Fundacom e será divulgado no congresso em Lisboa”, disse Yara dos Santos que se mostrou confiante de que a ARP-CV vai ser aceite como membro da Associação de Comunicação e Relações Públicas dos países que falam a língua portuguesa e espanhola.

Yara dos Santos indicou que à margem do congresso acontece a 2ª edição dos prémios Fundacom, evento que irá premiar as melhores propostas nas áreas de comunicação e relações públicas dos países.

“Se Cabo Verde for aceite, será também mais um incentivo para que a associação comece a se organizar para que no próximo ano possa avançar com candidaturas de empresas, instituições ou organizações cabo-verdianas que tem feito trabalho nesta área”, assegurou.

Em relação à sua participação no Congresso Internacional “Comunicação hoje: Digital. Inovação. Reputação”, na qual irá fazer uma intervenção no painel “O que pensam organizações que nos representam”, Yara dos Santos disse que será uma oportunidade para apresentar e abordar o processo de desenvolvimento da comunicação e relações públicas no arquipélago.

Criada em 2013, a ARP-CV tem por finalidade promover e divulgar a profissão de relações públicas e defender os interesses dos seus profissionais.

AV/FP

Inforpress/Fim