Associação “A Ponte” promove conversa aberta sobre “o papel dos media na prevenção do suicídio”

Cidade da Praia, 10 Set (Inforpress) – A Associação de Promoção da Saúde Mental “A Ponte” promove esta segunda-feira, na Praia, uma conversa aberta sobre “o papel dos media na prevenção do suicídio”, no quadro da celebração do Dia Mundial de Prevenção do Suicídio, assinalado hoje.

Em declarações à Inforpress, a psicóloga da Associação de Promoção da Saúde Mental, Marcília Araújo, explicou que o objectivo é juntar profissionais da comunicação social e da saúde mental para debruçarem-se sobre a temática e encontrarem a melhor forma de abordar a questão nos media.

“Acreditamos que os media têm um papel importante na abordagem do suicídio e o seu papel na prevenção tem sido imprescindível”, precisou a responsável afirmando que um dos desafios é fazer com que a comunidade, as associações e organizações estejam envolvidas nesta questão.

Por outro lado, adiantou que está prevista ainda a cerimónia com velas acesas, que irá acontecer na Pracinha da Escola Grande, no Platô e em simultâneo com 35 localidades e municípios do país.

Marcília Araújo, explicou que durante o mês de Setembro, a associação tem promovido campanhas de sensibilização de prevenção do suicídio nas associações, e pretende levá-los aos estabelecimentos de ensino.

“Na última quarta-feira estivemos na Cadeia Central da Praia numa conversa aberta com os reclusos do sexo masculino e feminino no sentido de prevenção, uma vez que o nível de tentativa de suicídio nos estabelecimentos prisionais é alto”, revelou.

Sob o lema “Trabalhando juntos para prevenção do suicídio”, o Dia Mundial de Prevenção do Suicídio tem como objectivo fazer lembrar as pessoas de um ente querido desparecido ou que sobreviveu do suicídio.

Em Cabo Verde, o suicídio, que também afecta cerca de 12,3 por cento dos cabo-verdianos, segundo dados divulgados pela OMS em 2016, é assinalado um pouco por todo o país sob a direcção da Associação de Promoção da Saúde Mental (A Ponte), com uma cerimónia com velas acesas.

O suicídio está entre as 20 principais causas de morte no mundo, afecta pessoas de todas as idades e é responsável por mais de 800.000 mortes, o que equivale a um suicídio a cada 40 segundos.

Para cada suicídio, aproximadamente 135 pessoas sofrem pesar intenso ou são afectadas, o que equivale a 108 milhões de pessoas afectadas por ano pelo comportamento suicida. Para cada suicídio, 25 pessoas fazem uma tentativa de suicídio e muitas outras têm pensamentos sérios sobre suicídio.

O dia foi criado em 2003 pela Associação Internacional para a Prevenção do Suicídio e pela Organização Mundial de Saúde, com o objectivo de prevenir o acto do suicídio e levar os governos a adoptarem estratégias de prevenção.

AV/ZS

Inforpress/Fim