Artista plástico congolês Elsie Mafouta expõe Arte Bantú na Cidade da Praia

 

Cidade da Praia, 03 Ago. (Inforpress) –  O pintor congolês Elsie Mafouta, admirador e praticante da língua crioula desde os seus estudos em Cuba nos anos 80, realiza de 04 a 15 do corrente no Hotel Cesária Évora, na Fazenda, uma exposição denominada “Arte Bantú”.

Com Arte Bantú, este congolês de Brazzaville, almeja transmitir à comunidade cabo-verdiana uma realidade considerada ainda por muitos desconhecida, face à condição de “ilhéus”, pois considera que este afastamento geográfico do continente africano, condiciona a proximidade, relação e convivência, enquanto elementos essenciais para o conhecimento das realidades multiculturais e antropológicas.

Arte Bantú promete levar o visitante a viajar pelas profundezas da África através dos quadros de Elsie Mafouta, animados com outras expressões, da poesia à música e “acompanhados da boa conversa e convivência Africana, anunciando a abertura de novos horizontes”

Trata-se da quinta exposição deste congolês no solo cabo-verdiano, que tem estado a visitar literalmente o País, iniciado em 2011 no Mindelo com “Melodia das cores”, para em 2015, inspirar-se no cabo-verdiano Paulo Varela e expor “Para Nunca Mais Ser Escravo” em São Vicente, Santo Antão e Praia.

Em 2016, expõe na ilha do Sal “Cores e Movimento” e em Março do ano em curso exibiu “Mulheres e África”, como uma homenagem à mulher Africana.

Este artista plástico já expôs em outros países africanos como Senegal, Benim, Burquina Faso, Costa do Marfim, Congo e América Latina, designadamente Brasil e Cuba, por forma a retratar a história ligada ao comércio de escravos, que permitiu “que muitos africanos da origem Bantu passassem por Cidade Velha, tendo certamente deixado restos de sua génese, língua e vivência”.

Os Bantús constituem mais de 400 grupos étnicos em diferentes regiões africanas que estão distribuídos essencialmente entre as grandes tribus dos fang, bakuba, baluba, lingala, bakongo, hutus, baganda, kikuyus, tongas, bechuanas, hereros, swazi, sotho, zulúes y xhosa;

A nível da lusofonia a etnia Bantú é encontrada em São Tomé e Príncipe, Angola e Moçambique.

SR/ZS

Inforpress