António Guterres lamenta falta de recursos para ajudar habitantes de Mossul

Campo de Hassan Cham, Iraque, 31 Mar (Inforpress) – O secretário-geral da ONU, António Guterres, lamentou hoje a falta de recursos para ajudar os habitantes de Mossul durante uma visita que realizou a um campo de deslocados no Iraque.

“Não temos os recursos para apoiar essas pessoas, nem a solidariedade internacional necessária”, disse António Guterres aos jornalistas, no campo de deslocados Hassan Cham, que fica a leste de Mossul.

“Infelizmente, o nosso programa aqui é financiado em oito por cento (da sua totalidade), isso mostra como os nossos recursos são limitados”, insistiu.

“Estas pessoas sofreram muito e continuam a sofrer. Precisamos de mais solidariedade por parte da comunidade internacional”, disse o secretário-geral da ONU.

Como parte de sua visita ao Iraque, António Guterres reuniu-se na quinta-feira em Bagdad com altos funcionários governamentais, incluindo o primeiro-ministro iraquiano, Haider al-Abadi.

As forças iraquianas tentam há cinco meses recuperar Mossul, a segunda cidade do país, das mãos dos extremistas do grupo Estado Islâmico, que tomaram a cidade em 2014.

O conflito já provocou o deslocamento de mais de 200.000 pessoas desde o início, em Fevereiro, da operação governamental iraquiana para retomar a parte ocidental da cidade.

As agências internacionais temem uma crise humanitária em larga escala na região.

Lusa/Inforpress/Fim