Acidente de viação na marginal da Praia da Gamboa provoca feridos, mas sem gravidade

 

Cidade da Praia, 17 Mai (Inforpress) – Um acidente de viação registou-se hoje na marginal da praia da Gamboa, Cidade da Praia, provocando alguns feridos ligeiros que deram entrada no Banco de Urgência do Hospital Dr. Agostinho Neto (HAN).

A viatura, um mini-bus, segundo apurou a Inforpress, conduzida por uma mulher e que transportava nove passageiros, embateu na parte traseira de um autocarro pertencente à empresa de transporte público, Sol-Atlântico.

No Banco de Urgência da Pediatria do Hospital Agostinho Neto, a Inforpress apenas pôde confirmar que uma das crianças que seguiam na viatura acidentada foi encaminhada para os serviços de Raio-X, o mesmo acontecendo com alguns adultos que deram entrada noutro Banco de Urgência.

Em declarações à imprensa, José Luís Varela, do corpo dos Bombeiros Municipais da Praia, garantiu que um dos feridos, um rapaz, que aparenta ter 13 anos de idade, foi desencarcerado   da viatura onde seguia graças às acções dos homens da paz.

“Tentámos fazer o nosso serviço com o máximo de profissionalismo e, no fim, as pessoas presentes aplaudiram-nos”, disse José Luís Varela, acrescentando que a criança tinha as duas pernas presas entre as chaparias do carro.

Segundo ele, os bombeiros levaram pouco tempo para chegar ao local do acidente, apesar da intensidade do trânsito que se fazia sentir na altura.

“Às vezes temos tido dificuldades em prestar socorros porque, mesmo com a sirene ligada, os condutores não nos cedem a passagem”, queixa-se José Luís Varela, que lança um apelo aos que conduzem nas estradas no sentido de respeitarem os sinais de socorro, a fim de facilitarem o trabalho dos bombeiros.

“Com um trânsito livre, podemos ajudar a salvar uma vida sem grandes problemas”, concluiu o bombeiro.

LC/FP

Inforpress/Fim